Negão quebra a japonesa no meio